Assunto: Ministros visitam município atingido por fortes chuvas em Minas Gerais

Por: Rafael Hilário
qua
06
dez
2017
Cadernos
Cadernos, Capa, Colunas, Minas Gerais
Assuntos
Compartilhar:

Em Belo Horizonte, o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, e o ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho, se reuniram com o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel e deputados regionais, para tomarem conhecimento dos prejuízos causados pelas fortes chuvas. Após a reunião, as autoridades visitaram o município de Ribeirão das Neves, que teve decretado estado de emergência.

Alexandre Baldy fala da preocupação com a população mineira que teve prejuízo com as chuvas. “A pedido do Presidente Michel Temer e em atenção a essas famílias que foram prejudicadas, viemos acompanhar a situação dos municípios da Grande Belo Horizonte que foram atingidos para definir a melhor forma de poder ajudar”, disse.

Segundo o ministro Baldy, após tomar conhecimento das reais necessidades dos municípios que foram decretados em estado de emergência, o Ministério das Cidades vai definir as ações que poderão ajudar na recuperação dessas cidades. A partir de então, deverá ser definido o atendimento dentro dos programas da Pasta na área de habitação (Minha Casa, Minha Vida e Cartão Reforma), saneamento e mobilidade (Programa Avançar).

O ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho, explicou a ação do governo. “Nós estamos apenas aguardando a conclusão das informações para que haja o reconhecimento nacional da situação de emergência. A partir de amanhã, Ribeirão das Neves estará com situação já reconhecida porque esse município é o que está mais adiantado nesses dados. E na sequência, estaremos recebendo quais as demandas financeiras para primeiro restabelecer a normalidade dessas cidades. Em seguida, viabilizar recursos para reconstrução”, ressaltou.

O Governo Federal está preocupado em trazer todas essas cidades a plena normalidade. O intuito é que as ações possam chegar o mais rápido possível a todos os municípios prejudicados pelas fortes chuvas.

Assessoria de Comunicação Social 

Ministério das Cidades

Compartilhar: