Programa de Educação Ambiental do Ecotres fecha o ano com mais de mil visitantes

Compartilhar:

O Programa de Educação Ambiental desenvolvido pelo Ecotres (Consórcio Intermunicipal de Tratamento de Resíduos Sólidos) fecha o ano de 2017, com mais de mil visitantes no aterro sanitário, em Conselheiro Lafaiete. O Ecotres mantém o programa desde 2014, com o objetivo de conscientizar os visitantes sobre a geração de resíduos, explicando a diferença entre aterro sanitário e lixão, os riscos da disposição inadequada de resíduos e incentivando a coleta seletiva.

Segundo dados do Ecotres, este ano o programa atendeu 1024 visitantes entre crianças, autoridades, entidades e órgãos governamentais e faculdades entre os meses de março e outubro. Durante a visita são apresentados os impactos causados pela destinação de resíduos em locai inapropriados e são trabalhados os conceitos de repensar, recusar, reduzir, reutilizar e reciclar resíduos, destacando a coleta seletiva nos municípios. É feita uma apresentação em sala e logo após é realizada uma visita em campo explicando todo o processo de tratamento de resíduos sólidos no aterro.

Para o presidente do Ecotres e prefeito de Ouro Branco, Hélio Campos o programa estimula o interesse da comunidade pelas questões ambientais e principalmente no que se refere ao tratamento dos resíduos. “É um trabalho de conscientização que não pode parar. O Programa de Educação Ambiental proporciona conhecimento à população sobre a importância da preservação do meio ambiente”, frisou Hélio Campos.

Agendamentos

Abertura da agenda para o ano 2018: a partir de 10 de fevereiro de 2018.

Período de visitas para o ano de 2018: 1º de março a 31 de outubro de 2018.

As visitas no aterro sanitário são agendadas com duas semanas de antecedência, através do e-mail contato@ecotres.com.br. No e-mail de solicitação deverá conter o nome da instituição, número de visitantes, telefone e e-mail do responsável da instituição pela visita.

O Ecotres possui um espaço limitado para apresentação multimídia, comportando 48 lugares, caso haja interesse em um grupo maior de visitantes a visita será realizada somente com explicações em campo.

Informações pelo telefone: (31) 3721-5694.

Compartilhar: