Estelionatários agem pela segunda vez em Congonhas‏

Um homem de 53 anos compareceu na tarde da quinta-feira 12/04 à sede da Polícia Militar em Congonhas para denunciar que fora vítima de estelionato.

Na última terça-feira, ele foi informado em um telefonema de que tinha sido contemplado com um prêmio concedido pela empresa Nova Biblioteca Integrada em promoção conjunta com a PAE Editora e o Programa de Assistência ao Estudante.

Para receber a premiação, o “sorteado” precisaria apenas pagar pelo transporte dos livros podendo parcelar o frete em quatro vezes bastando emitir quatro cheques no valor de R$84,00 (oitenta e quatro reais) cada um. Posteriormente, um representante da referida empresa efetuaria a devida entrega do prêmio.

A incauta vítima preencheu quatro cheques e os entregou no dia seguinte a um suposto representante da empresa que foi pessoalmente, de carro, apanhá-los em sua casa.

O homem só percebeu que havia caído em um golpe após ouvir reportagem de uma emissora local noticiando que uma mulher de 27 anos acabara de ser vítima de crime de estelionato idêntico.

Clique aqui para comentar

Uma ideia sobre “Estelionatários agem pela segunda vez em Congonhas‏